Show de rapper é interrompido após tiroteio que deixou duas pessoas mortas e oito feridas

Foogiano, ele é um dos novos contratados da gravadora do rapper Gucci Mane, a 1017 Eskimo Records. O rapper recentemente esteve em Greenvile, na Carolina do Sul, para fazer um show em uma boate na madrugada de 5 de Julho, mas ele não conseguiu terminar o show devido um tiroteio fatal que deixou dois mortos e oito pessoas feridas, segundo um relatório da CNN.


O relatório indica que um tumulto começou em uma boate por volta das duas da manhã, e logo uma confusão se formou e uma intensa troca de tiros aconteceu. Enquanto os policiais chegavam ao local, a multidão se dispersou e notaram diversas vitimas de bala e duas pessoas mortas. A ambulância levou os feridos para o Hospital, enquanto a polícia não conseguiu prender nenhum dos envolvidos. Atualmente eles estão atrás de dois suspeitos que eles acreditam possuir ligações com gnagues locais.


“Uma multidão se juntou no estabelecimento para algum tipo de show de 4 de Julho”, disse o xerife Hobart Lewis, do Condado de Greenville, em entrevista coletiva para alar sobre o incidente, “Havia muitas cápsulas de balas lá dentro. Tudo estava virado. Cadeiras reviradas, comida no chão, algumas garrafas quebradas. Você pode dizer que um pessoal saiu com pressa. Há grandes quantidades de sangue no chão”, concluiu.


Rumores indicam que um dos membros da equipe de Foogiano estava envolvido no incidente, fazendo com que ele fosse até as redes sociais indicar que o tiroteio não foi culpa dele. “Eu realmente não gosto da internet, você me sente?” ele começou. – Mas vocês aqui estão tentando me bater como se eu fosse apenas um assassino selvagem ou algo assim, como se eu tivesse acabado de matar essa garota. Primeiro, eu conversei com o pai dela. Ele me ligou. Temos um bom entendimento. Não havia como se esconder, ta ligado? Eu fiquei na Carolina do Sul na mesma noite, ta ligado? Eu conversei com todo mundo que eu precisava conversar. Pare de me bater como se eu estivesse aqui fora atirando em pessoas. Vejam vídeos sobre o que aconteceu, mas essa merda não é minha culpa! Eu não promovo violência.”

Atualmente, os investigadores dizem que Foogiano não era responsável, mas notaram que parte de sua comitiva estava envolvida na briga. Foogiano foi um dos poucos artistas que apareceram no novo álbum de Gucci Mane, So Icy Summer. Outros convidados incluíram 21 Savage, Future, Lil Baby, Young Thug e mais. - FONTE: RAP+

Categoria:Musica

Deixe seu Comentário