Polícia em Luanda dispara mortalmente contra jovens que queriam ingressar na corporação

Um tumulto, entre a Polícia Nacional e alguns jovens que por via das redes sociais aperceberam-se de um suposto concurso público, que eventualmente estaria a decorrer na Direcção de Recrutamento Militar (DRM), situada na zona do Cassequel em Luanda, terminou, hoje, com a morte de dois Jovens candidatos.

Apurou o Corrreio da Kianda por parte de algumas testemunhas no local, horas depois do sucedido.

O facto, aconteceu na manhã desta segunda-feira, quando um grupo de Jovens com sonhos de ingressar na Polícia Nacional, tentaram manifestar, mas foram confrontados por alguns agentes da Polícia, com lançamento de bombas toxicas para dispersa-los, e tiroteios, que acabou por atingir um jovem que conheceu a morte no local, enquanto que um outro, também atingido por uma bala, acabou por morrer enquanto era levado para hospital.

O correio da Kianda tentou contactar o Comando Provincial de Luanda para obter mais esclarecimento do sucedido, infelizmente não fomos atendidos.

Para além dos dois jovens baleados mortalmente, a Polícia fez várias detenções, Jornalistas em exercício presentes no local, foram ameaçados por alguns oficiais da Polícia, por cobrirem o protesto.

FONTE/CK

Categoria:Nacional

Deixe seu Comentário