Noticias Noticias

Um em cada cinco trabalhadores tem problemas de saúde mental

Uma em cada cinco pessoas, no local de trabalho, tem problemas relacionados com a saúde mental, afirmou esta terça-feira, o representante da OMS em Angola, Hernando Agudelo. ...

FMI prevê recessão de 0,7% em Angola

O Fundo Monetário Internacional (FMI) previu hoje que a economia de Angola tenha sofrido uma recessão de 0,7% do Produto Interno Bruto, revendo també...

Pinda Simão apresentado como novo governador do Uige

O novo governador do Uíge, Pinda Simão, foi apresentado hoje (quinta-feira) aos responsáveis e representantes da sociedade civil dessa província, em...

Aberto o registo online para programa de vistos nos Estados Unidos

O cônsul  dos Estados Unidos em Angola anunciou ontem a abertura do registo online para o programa de diversidade de vistos de imigrante para o an...

Arquitecto refuta defeito no Monumento ao Soldado Desconhecido

Técnicos de construção civil realizam inspecção de rotina ao Monumento ao Soldado Desconhecido, informou fonte do Ministério da Construção....

PR exonera ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social

O Presidente da República, João Lourenço, procedeu hoje, dia 5 de Outubro de 2017, à exoneração por decreto de António Rodrigues Afonso Paulo, do...

Sonangol deixa de ter presidente da comissão executiva

A petrolífera nacional, liderada por Isabel dos Santos, deixou de ter a figura de presidente da comissão executiva, conforme novo estatuto orgânico aprovado pelo ex-Chefe de Estado José Eduardo dos ...

Praça da BCA no Cazenga transferida para o recinto da FILDA

O mercado da BCA, localizado nos arredores da 5ª Avenida, no Município do Cazenga, vai ser transferido para o quintalão da FILDA, disse ao Novo Jornal Online fonte da administração do Cazenga. ...

Porto do Caio pronto em 2019

O porto de águas profundas, designado Caio, em Cabinda, entra em pleno funcionamento no primeiro trimestre de 2019, conforme estava previsto, anunciou ontem a instituição num comunicado. ...

Trabalhadores domésticos denunciam despedimentos injustos em Luanda

O Sindicato dos Trabalhadores dos Serviços Domésticos de Luanda denunciou que muitos empregadores estão a despedir os funcionários “sem justa causa” e furtando-se ao pagamento das contribuiçõe...