Hospital Municipal com défice de médicos

O défice acentuado de médicos no Hospital Municipal do Moxico está a condicionar o atendimento aos pacientes, disse, ao Jornal de Angola, o director geral da instituição.


Bento Calala fez este pronunciamento no término de uma visita que membros do Comité Provincial do MPLA efectuaram  em várias unidades sanitárias da região, para constatar o grau de funcionamento e as dificuldades existentes.


Segundo o responsável, o Hospital funciona com cinco médicos  e recebe diariamente mais de 200 pacientes, pelo que se torna impossível à estes profissionais atenderem o elevado número de pessoas que acorrem à instituição.   


Para se inverter este quadro, de acordo com o director do Hospital,  são necessários,  pelo menos, 10 médicos nas especialidades de Ortopedia, Cirurgia Geral e Pediatria.  “Os médicos deste hospital fazem cinco Bancos por semana, situação que pode tornar-se prejudicial ,tanto para eles quanto para os  próprios pacientes”, disse.

FONTE/JA

Categoria:Nacional