Ex-militares preparam protesto junto à Cidade Alta

Depois de na semana passada terem bloqueado o trânsito na Avenida Deolinda Rodrigues, junto à unidade militar do Grafanil, o grupo de ex-militares das Forças Armadas Angolanas que exige o ingresso na Polícia Nacional prepara-se para voltar a sair às ruas, desta vez para chegarem até à Cidade Alta, para pedir explicações ao Comandante-em-Chefe sobre o processo de enquadramento que não se efectiva há já sete meses.


"A qualquer momento, voltaremos a sair às ruas para ir ao Palácio Presidencial pedir explicações ao nosso Comandante-em-Chefe. Queremos saber o que se passa, porque é que estamos este tempo todo sem colocação, sabendo que temos famílias para sustentar", informou ao Novo Jornal um dos representantes do grupo, que não se quis identificar.


A fonte avançou que faz parte da lista de um grupo restrito que já passou pelos testes de admissão à Polícia Nacional, não sabendo até ao momento quando o enquadramento vai definitivamente efectivar-se.

FONTE/NJ

Categoria:Nacional