Obama critica líderes que incentivam ‘clima de medo’ após ataques nos EUA

O ex-presidente americano Barack Obama pediu nesta segunda-feira (5) que se rejeite a retórica de todo líder que incentive um “clima de medo” e normalize “sentimentos racistas”, após dois ataques a tiros no Texas e em Ohio, que deixaram 31 mortos, ao menos oito deles mexicanos.

“Deveríamos rejeitar por completo a linguagem que sai da boca de qualquer um dos nossos líderes que alimente um clima de medo, ou normalize os sentimentos racistas”, disse Obama em um comunicado postado nas redes sociais.

Dois massacres no fim de semana, realizados por atiradores brancos em El Paso (Texas), na fronteira sul do país, e em Dayton (Ohio), no nordeste, deixaram 31 mortos e 50 feridos, segundo o último balanço oficial. Autoridades do México disseram que oito das vítimas são mexicanas.

Obama não nomeou especificamente o presidente Donald Trump, que após os massacres foi acusado de avivar as chamas da intolerância através de sua retórica anti-imigrante e tachada de racista com relação aos negros e às minorias étnicas.

Mas Obama, o primeiro negro a chegar à Casa Branca, destacou em sua mensagem aos líderes que “demonizam aqueles que não se parecem conosco, ou sugerem que outras pessoas, inclusive os imigrantes, ameaçam nosso estilo de vida, ou se referem a outras pessoas como subumanas, ou sugerem que os Estados Unidos pertencem a só um certo tipo de pessoas”.

O ex-presidente também pediu para exigir mudanças na legislação sobre as armas.

“Cada vez que isto acontece, nos dizem que leis mais estritas sobre armas não vão deter todos os assassinatos; não vão evitar que cada indivíduo transtornado tenha uma arma e atire em pessoas inocentes em locais públicos. Mas a evidência mostra que podem deter alguns assassinatos”, afirmou.

Nenhum outro país no mundo tem grandes ataques a tiros com a frequência dos Estados Unidos e nenhuma outra nação desenvolvida tolera os níveis de violência armada que os americanos toleram, afirmou.

FONTE/ISTOE

Categoria:Internacional