Trinta e cinco mil clientes deixaram de utilizar rede de telefonia móvel em 2018

Os utilizadores de telefonia móvel representam 45,43% da população angolana, totalizando 13,2 milhões de habitantes, contra os 13,3 milhões que tinha acesso à rede móvel em 2017, representando uma queda de 0,27%, de acordo com dados do Instituto Angolano das Comunicações (INACOM).


No total, 35 531 clientes deixaram de estar ligados à rede de telefonia móvel no ano passado. Já os utilizadores da rede fixa, pouco mais de 171 mil em 2018, registaram um crescimento de 6,69% quando comparados aos 161 mil utilizadores registados em 2017.


Os dados demonstram que a Unitel continua a dominar o mercado da rede móvel há três anos consecutivos com 75% da quota de mercado, sendo que a Movicel se mantêm nos 25% da fatia de mercado, um cenário que, de resto, já dura três anos, isto é, desde que a Movicel “roubou” 5% da quota de mercado à Unitel em 2015.


Quanto à rede fixa, Angola Telecom domina 58% da quota de mercado, Ms Telecom 21%, TV Cabo 19% e Startel com 2%.


As estatísticas referentes a 2018 a que o Mercado teve acesso espelham ainda que 99% dos usuários da rede móvel utilizaram plano pré-pago e cada cliente falou, em média, 76,36 minutos por mês.

FONTE/JM

Categoria:Nacional