Ataque contra igreja católica deixa 6 mortos em Burkina Faso

Um grupo autoproclamado jihadista invadiu na manhã deste domingo (12) uma igreja católica em Dablo, no norte de Burkina Faso, e deixou seis mortos, incluindo o padre que celebrava a missa.   

Segundo fontes locais ouvidas pela ANSA, o sacerdote foi identificado como Abbé Siméon Yampa, de 34 anos. As outras vítimas eram fiéis da igreja. O ataque teve início por volta das 9h (horário local) enquanto acontecia a missa. Na ocasião, entre 20 e 30 militantes armados entraram atirando. Alguns fiéis fugiram, mas outros foram imobilizados pelos agressores. De acordo com relatos, o grupo ateou fogo contra a igreja, lojas, um pequeno restaurante, além de uma clínica médica. As autoridades locais informaram que a cidade foi tomada pelo pânico. O ataque ocorre dois dias depois que militares franceses libertaram quatro reféns no norte do país. (ANSA)

Categoria:Internacional