Oposição no Benin quer interrupção da contagem dos votos

Os principais responsáveis dos partidos da oposição beninense, entre os quais Nicéphore Soglo e Thomas Boni Yayi, pediram ao Presidente Patrice Talon que tire as devidas lições sobre a fraca participação nas eleições legislativas de 28 de Abril.

Ambos os responsáveis apelaram ao Chefe de Estado para interromper o processo eleitoral, nomeadamente a contagem dos votos, para promover um “verdadeiro diálogo nacional” com todos os políticos do país.


“É preciso que Patrice Talon reflicta sobre a rejeição de mais de 96 por cento da população em relação ao seu projecto nefasto e ditatorial de nomeação dos deputados à Assembleia Nacional e que dialogue com toda a classe política, para que sejam encontradas soluções consensuais com vista à realização de eleições legislativas transparentes e credíveis, num clima democrático e pacífico que proporcione a coesão nacional”, disse Nicéphore Soglo, antigo Presidente beninense.

FONTE/JA

Categoria:Internacional