Augusto Tomás acusado de associação criminosa

A Procuradoria-Geral da República acaba de formalizar a acusação contra o ex-ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, que se encontra detido desde Setembro, sob acusação de desvio de dinheiro.

De acordo com a acusação a que o Jornal de Angola teve acesso, sobre Augusto Tomás pesam seis crimes, num caso que envolve o Conselho Nacional de Carregadores (CNC), um órgão tutelado pelo Ministério dos Transportes. Trata-se de um de peculato na forma continuada, um de violação das normas de execução do plano e orçamento na forma continuada, um crime de abuso de poder na forma continuada, dois crimes de participação económica em negócio, um crime de branqueamento de capitais e outro de associação criminosa.

Categoria:Nacional

Deixe seu Comentário