Policias corruptos expulsos da corporação

Paulo de Almeida, Comandante Geral da Polícia Nacional, presidiu, na manhã desta terça-feira ( 18) na UNIDADE OPERATIVA , um acto de expulsão que oficializou a despromoção e demissão de vários agentes da Polícia em Luanda.

São no total, em todos País, 127 agentes da Polícia, que foram expulsos , e acusados de crimes diversos, com principais destaques, as de Homicídios, corrupção e oferta de emprego.

Durante o acto, que decorreu em parada, o Oficial da Polícia, Comissário chefe Paulo de Almeida, exortou aos presentes, a necessidade de observarem o cumprimento estrito das normas, com vista a evitar que actos idênticos se repitam.

” queremos uma nova imagem, uma imagem de confiança para que esta população possa nos ter em consideração. Disse o Comandante Geral da Polícia.

Paulo de Almeida, promete ser implacável á agentes da Polícia que considerou de serem batatas podres, e que a todo custo têm feito da farda um instrumento de extorsão e de abusos de poder.

Na ocasião, foi lido o despacho que sanciona um outro Agente, com multa de 50 dias de corte de salários por conduta indecorosa.
Categoria:Nacional

Deixe seu Comentário