Deputado da UNITA acusado de violar adolescente de 16 anos

O político Diamantino Domingos Mussokola também deputado a Assembleia Nacional pela Bancada Parlamentar da UNITA, está a ser acusado de ter abusado, sexualmente, na última semana, uma adolescente de 16 anos de idade, na zona do Bairro Popular “próximo ao Jumbo”, município do Kilamba Kiaxi, província de Luanda, fez saber ontem (quarta-feira) um dos irmãos da vítima.

O deputado que já negou a acusação é apontado, de estar a influenciar as famílias para que se “apague” qualquer rasto deste facto, que já levou à uma reunião familiar onde decidiram não divulgar a suposta violação, para preservar a imagem de Diamantino Domingos Mussokola.

A pequena que (omitimos o seu nome) é irmã mais nova da Olga Mussokola esposa do deputado Diamantino Mussokola.

Tudo aconteceu aquando da viagem da Olga Mussokola para o exterior do país. Após o deputado ter chegado em sua casa, em estado de embriagues, esforço a menina para acto sexual, o que não deixou contente muitos dos familiares da esposa, mesmo após tendo sindo alertado para não divulgação do acto um dos cunhados recorreu e denunciou o facto.

Segundo uma fonte ligada a JURA, braço juvenil da UNITA, Diamantino Domingos Mussokola já tinha sido denunciado nas eleições de 2012 numa das actividades partidárias de ter forçado uma das militantes daquela organização e que “só acontece quando o individuou está embriagado” disse a nossa fonte.

O Correio da kianda, contactou o deputado que negou categoricamente e acusou membros da sua formação política de estarem a engendrar planos difamatórios contra o seu bom nome.

FONTE: CORREIO DA KIANDA

Categoria:Nacional

Deixe seu Comentário