Cristiano Ronaldo e Mourinho ultrapassam desavenças antigas com abraço

Em Espanha ninguém duvida que o treinador deixou o Real Madrid, em 2013, por ter entrado em choque de personalidades com o melhor jogador do mundo.

De lá para cá, a relação de Cristiano Ronaldo e José Mourinho tornou-se ainda mais fria, sobretudo quando o treinador criticou a postura do futebolista nos últimos minutos do jogo com a França, no qual Portugal se sagrou campeão europeu.

No reencontro daqueles que muitos consideram ser os melhores treinador e jogador portugueses de sempre, na final da Supertaça Europeia, esta terça-feira (8), na Macedónia, Cristiano Ronaldo e José Mourinho deixaram a entender que ultrapassaram essas desavenças antigas.

No fim dos primeiros 45 minutos, ao recolherem para os balneários, o treinador e o futebolista deram um abraço e, logo depois, CR7 fez o mesmo com o adjunto português do Manchester United, Rui Faria. Já no final da partida, o jogador do Real Madrid recebeu os parabéns de José Mourinho por mais um troféu conquistado.

Os amantes do futebol, sobretudo os portugueses, ficaram encantados com a reaproximação entre os dois e, lá fora, logo se levantaram alguns rumores de que, com este gesto, Mourinho terá aberto as portas do Manchester United a Cristiano, ele que está a passar um momento difícil em Espanha, devido às dívidas ao fisco. Trata-se de uma perspetiva algo empolada mas que promete continuar a dar que falar.

Fonte: MSN

Categoria:Internacional

Deixe seu Comentário